“Medo Gera Medo”

O medo gera mais medo, tornando nossos pequenos temores em razões para não agir, para não viver ou para seguir o que outras pessoas querem, geralmente fazendo o que é mais confortável para todos – nem sempre para nós.

Por isso é tão importante vencer seus pequenos medos, no momento em que surgirem, pois são como pequenas rachaduras no pára-brisas de um carro. Deixe-o lá e ele crescerá até que você não tenha como evita-lo. Com um pequeno medo é igual, pois mesmo sendo pequeno ele passará a crescer e tomar conta da sua vida.

Naturalmente, neste caso o tamanho será irreal. Parecerá com um grande perigo, gritará como um grande perigo e fará seu coração bater mais rápido, como se um grande perigo estivesse ao seu lado. Mas será apenas uma imagem sem conteúdo, tentando assustar você. Um espantalho feito de trapos e farrapos.
Encontro muita gente inteligente com medo de espantalhos.

Homens e mulheres que mudam a direção da sua vida por medo de enfrentar uma ou duas pessoas que, apesar de significativas para sua existência, nem lembrarão de suas opiniões e decisões em alguns anos.

Conheci uma moça, há muito tempo, que tinha medo de atender ao telefone e encontrar alguém bravo, nervoso ou reclamando, do outro lado da linha. Ela trabalhava com design, e sempre dizia que os clientes e parceiros podiam estar bravos com algo. Por isso, ela preferia não atender muitos telefonemas, sempre deixando para outras pessoas apanharem a linha!

Ao não atender as chamadas, os clientes, parceiros e amigos realmente ficavam bravos, e esta inação confirmava seus medos iniciais, gerando ainda mais medo de contatos futuros.

Isso é chamado de "profecia auto-realizada". Você tem medo de que algo ocorra e se comporta supondo que o medo seja real. A crença no medo faz com que você cometa toda sorte de erros… que, por sua vez, provocam acontecimentos que acabam criando problemas e terminam confirmando seu medo inicial, por mais absurdo que seja.

Para algumas pessoas este tipo de sensação cresce eternamente. Mesmo que a razão que deu início ao medo tenha sido verdadeira, depois de algum tempo o único medo está em nossa imaginação.

Quais são os seus espantalhos? Se você pudesse escolher, de verdade, qual seria sua escolha?  Se a opinião de outras pessoas não tivesse importância, o que você faria agora?

É melhor viver com suas escolhas, porque as outras pessoas sempre vão falar de você e das suas decisões, não importa quais sejam. Mas elas não terão que viver suas decisões. Isso, é você quem terá de fazer.

Somos livres para escolher, mas prisioneiros das conseqüências. Por isso, todo medo pequeno que temos tende a transformar-se em um medo maior. Medo gera medo. Lembre-se disso, ao deixar seus medos decidirem por você.

 

Aldo Novak

autor do livro O Segredo Para Realizar Seus Sonhos, da editora Ediouro (http://www.OSegredoParaSeusSonhos.com.br/ )
Esse post foi publicado em REFLEXÃO. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s