META…

 

"Nunca se vai muito longe quando não se sabe para onde está indo"

 

Quando você cria uma meta, também cria problemas.

Uma meta é como uma picada na floresta, feita para levar você até uma parte do caminho que vai até seus objetivos e sonhos mais profundos. Mas a meta não é sonho, seu objetivo maior. A meta é apenas um marco intermediário, que tem a função de ajudar você a avançar em direção ao seu sonho. Mas o sonho é orgânico, mudando um pouco a cada dia, de acordo com os acontecimentos da vida, enquanto uma meta tende a ser estática. Por isso, não deve ser de longo prazo, mas curto.

A diferença é a mesma que existe entre viajar de férias e parar em um posto de combustível. Se você tem que parar em três postos, para reabastecer durante sua viagem, cada posto é uma meta. Mas nada impede que você troque de posto a qualquer momento, em sua jornada, desde que isso ajude-o a continuar em direção ao seu sonho. A meta sempre pode ser alterada, desde que você mantenha seu sonho em vista.

Encontro pessoas que começam a fazer faculdade disso, ou daquilo, e descobrem para seu horror que odeiam a idéia de trabalhar na área para a qual estão estudando. Mas o que me impressiona é que a maioria das pessoas ao descobrirem que estão no curso errado, continuam no curso errado, como se fosse algum pecado mortal trocar de meta. Elas acreditam que sejam obrigadas a cumprir a meta.

Uma meta é algo muito bom, desde que esteja levando você para a direção certa. Muitas vezes, descobrimos que cumprir a meta significa nos afastarmos de nosso sonho, nosso Grande Objetivo. Neste caso, pode ser uma boa idéia considerar trocar de meta para manter o sonho.

O mesmo acontece com empresas. A Nokia, por exemplo, nascida em 1865, quando um engenheiro de minas finlandês, Fredrik Idestam, instalou um moinho de polpa de madeira no sul da Finlândia, começou sua história fabricando papel. Sim, a empresa começou fazendo papel e hoje produz alguns dos melhores aparelhos celulares do planeta.

Mudou suas metas para continuar seus sonhos. E crescer.

A Embraer continua crescendo como uma ilha de excelência no mundo, mas vários de seus projetos não chegaram a ser grande sucesso. O que a empresa fez? Mudou as metas, redesenhou os aviões e continuou em direção ao Grande Sonho de se tornar uma das maiores empresas de fabricação de aviões da Terra.

Procure uma pessoa ou empresa de sucesso e você estará olhando para alguém que tem várias metas, mas poucos sonhos. As metas criam alinhamento com os sonhos, mas podem ser trocadas a qualquer momento, quando as condições mudam. Os sonhos sempre estão em menor quantidade por que são mais importantes e mudam menos.

As metas podem mudar a qualquer momento. Sem dó, porque criam limitantes e podem engessar sua liberdade. Se você está em uma floresta na qual construirá uma casa e decide abrir uma picada, que facilite a vida das pessoas que visitarão você, estará limitando a direção para a qual as pessoas vão, evitando que elas caminhem por outros lados da mata, chegando logo até sua casa.

Isso não é necessariamente ruim, nem bom. Apenas limitante.

Desde que você construa sua casa no lugar planejado, ótimo. Mas se você resolver que vai construir sua casa trezentos metros para a esquerda, e já tiver feito a picada, pode ser que as pessoas tenham que caminhar mais do que o necessário, porque é mais fácil caminhar por uma picada aberta, do que andar no meio da floresta e abrir uma picada nova.

Na vida acontece o mesmo. Muitas pessoas continuam a fazer o curso errado, a trabalhar no departamento errado ou na cidade errada, apenas porque começou a picada e não quer mudar a direção.

Geralmente, isso acontece com pessoas que não têm muita certeza do que desejam como sonho, como grande objetivo de vida. O mesmo ocorre com empresas que não têm uma missão clara.

Tenho um amigo, americano de nascimento, mas brasileiro de coração, chamado Tommy Nelson, coach e especialista em "liderança servidora", conceito popularizado pelo livro "O Monge e o Executivo". em nosso país.

Tommy é especialista em planejamento de vida e trabalha com pessoas de todo o Brasil, ajudando-as a descobrir seus sonhos mais profundos e as maneiras de cada um realizar seu potencial.

Conversamos muito sobre isso – os sonhos mais importantes das pessoas, e concluímos sempre que, como dizia Goethe, nunca se vai muito longe quando não se sabe para onde está indo

Descubra para onde você quer ir. Depois estabeleça as metas, que podem ser mudadas a qualquer momento. Seu sonho é sempre mais importante do que as metas que o compõe.
 

Aldo Novak

autor do livro O Segredo Para Realizar Seus Sonhos, da editora Ediouro (http://www.OSegredoParaSeusSonhos.com.br/ )
Esse post foi publicado em REFLEXÃO. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s